FRENTE BRASIL POPULAR > Imprensa > Destaques > Movimentos denunciam a participação da imprensa tradicional no golpe

Movimentos denunciam a participação da imprensa tradicional no golpe

Monopólio na comunicação é golpe na Constituição

Chamado pela Frente Brasil Popular e Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação, movimentos sairão às ruas em diversas cidades no próximo dia 05 de maio com a bandeira “Monopólio é golpe” para denunciar a participação de grupos da mídia tradicional no golpe em curso no Brasil.

Por mais que tentem colorir com verde e amarelo o golpe, já não há mais como esconder que o processo que pede o impedimento da presidente Dilma Rousseff é mesmo um ataque na democracia e no Estado Democrático de Direito.

Como em outros momentos da história brasileira, a mídia monopolizada serve como o centro propagador das ideias do golpe. Isso porque são donas de emissoras de rádios,  televisão – tanto na tevê aberta como na tevê por assinatura- jornais e revistas impressos e  também força na internet.

E essa é outra faceta do golpe desse monopólio porque a Constituição Federal proíbe o monopólio e oligopólio. O texto diz que “os meios de comunicação social não podem, direta ou indiretamente, ser objeto de monopólio ou oligopólio”.

Mais informação:

Ato Contra o Golpismo Midiático

Local: Concentração no MASP (Avenida Paulista – próximo ao metrô Trianon Masp)

Dia: 05 de maio – horário: 18 horas