FRENTE BRASIL POPULAR > Imprensa > Notícias > Plenária da Frente Brasil Popular CE debate agenda de atividades para o 1º de Maio

Plenária da Frente Brasil Popular CE debate agenda de atividades para o 1º de Maio

Debater agenda de atividades visando o 1º de Maio  — dia [email protected] [email protected]

O auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) foi palco na noite de segunda-feira (25/04), para Plenária do Movimento Ceará Contra o Golpe para debater agenda de atividades visando o 1º de Maio — dia dos trabalhadores e das trabalhadoras.

A mobilização na luta contra o golpe continua forte. Nesta terça-feira, 26, a partir das 19h30, no Centro de Formação São Raimundo (Bairro Rodolfo Teófilo) acontece a abertura de um Comitê Contra o Golpe para servir como mais um ponto de apoio e formação política. Além desta, o auditório da Associação dos Docentes da Universidade Federal do Ceará (ADUFC) sediará, às 19h, o lançamento do 2º Manifesto dos Médicos pela Democracia, com palestra de Valton Miranda. O grande ato será domingo, 1º de Maio, durante a Caminhada que sairá às 9h da Areninha do Pirambu (antigo kartódromo) rumo ao Cuca Che Guevara.

Durante a Plenária, o público recebeu os informes da última reunião nacional da FBP, ocorrida em São Paulo na última semana e que contou com a presença de dois representantes cearenses. De acordo com Paulo Henrique, da Consulta Popular, “vivemos um momento onde o capital está unido para derrubar o Governo Dilma. A luta política tende a se acirrar nos 180 dias caso o afastamento da presidenta aconteça. Será um novo momento para reforçarmos a luta de massas”, pontuou.
 

Dentre os encaminhamentos apresentados em São Paulo, a Frente Brasil Popular será recebida pela presidenta Dilma para ouvir, dos movimentos e entidades, propostas que fortaleçam o combate ao golpe parlamentar.
A militante do PCdoB -CE, Teresinha Braga Monte, em sua fala, ressaltou a necessidade da população não se acuar com a tentativa de golpe. “A democracia é um bem muito caro e nós temos que fazer valer a vida daqueles que lutaram e morreram por nós”, disse. Para ela, os golpistas brasileiros estão mancomunados com o capitalismo americano. “O golpe não passará. Continuaremos na luta. O Senado não é uma casa fechada”, reiterou.

Unidade
O presidente do PT Ceará, Francisco de Assis, acredita que a esquerda deve se manter unida para combater as ações da direita, “que quer entregar o Brasil ao capital internacional financeiro. O jogo é duro e eles sabem aonde querem chegar. Temos de fazer da unidade o elemento central para que não percamos todos os processos de conquista dos últimos anos”, pontuou.

Luta das mulheres

A militante da Marcha Mundial das Mulheres e do Movimento dos Trabalhadores Urbanos (MOTU), Karol Oliveira, criticou a força do patriarcado e do capitalismo em uma luta machista contra as mulheres.

“O Bolsonaro homenagear um torturador da ditadura não é por acaso. Ele ofende as mulheres, ofende a Dilma. E nós, companheiros de esquerda, não podemos deixar de negar esse fato que acontece hoje no Brasil”, disse.

Karol explicou que a campanha #ForaBolsonaro continuará forte, principalmente pelos movimentos de mulheres. “As mulheres não vão deixar o Bolsonaro em paz. Ele e os filhos dele representam uma parcela que visa deixar as mulheres em casa, tirá-las da política. Vamos lançar um abaixo assinado no ato do 1º de Maio pedindo a cassação deste deputado”, reiterou.

Para o dia 7 de maio, o Movimento Mulheres pela Democracia já se organiza para um ato na Praça da Gentilândia.

Movimento Estudantil
A juventude também está se preparando para uma manifestação nacional contra o impeachment. Nesta quinta-feira, 28, acontecerá paralisação nas universidades. O informe foi da presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Germana Amaral.

 

Confira outras atividades da agenda desta semana:
26/04

- Lançamento do 2º Manifesto do Movimento Médicos Pela Democracia, com palestra do médico Valton Miranda. Tema: “O paradoxo ético: da comunicação e anti-comunicação na conjuntura atual”. 
Horário: 19h
Local: Auditório da ADUFC. Av. da Universidade, 2346, Benfica.

- Inauguração do Comitê Contra o Golpe no Rodolfo Teófilo.
Horário: 19h30
Local: Centro de Formação São Raimundo — Rua Delmiro Farias, esq. com Rua Francisca Clotilde

27/04

14h — Ato em Defesa da Democracia no Prédio da Justiça Federal (a confirmar)

Noite — Paralisação da UNE — Campus IFCE (Crato)

28/04

  • Durante o Dia — Acampamento Estadual do MST

8h — Dia de Paralisação dos Estudantes

Local: Reitoria da UFC

  • Manhã — Paralisação da UNE

Local: Campus Leão Sampaio (Juazeiro)

  • Noite — Paralisação da UNE — Campus IFCA (Juazeiro)

29/04

  • Panfletagem no Centro de Fortaleza
  • 19h — Vem pro Close Contra o Golpe — Local: Praça da Gentilândia

30/04

  • 9h às 14h — Reunião Estadual da Marcha Mundial das Mulheres

Local: Av. da Universidade, 2432, Benfica

  • 9h — Debate de Conjuntura na Comunidade Santa Fé, em Messejana

1º de Maio

8h30 — Dia de Luta — Ato com concentração na Areninha do Pirambu (antigo kartódromo)

Jornada de Lutas do Motu — local e horário a definir

16h — Ato Contra Bolsonaro na Praia de Iracema

04/05

  • (A confirmar) — Plenária Estadual do PT — com João Paulo MST

07/05

9h — Ato das Mulheres Contra o Golpe e Contra o Fascismo na Praça da Gentilândia